Caio reúne grupo 300 para planejar mandato | Vereador Caio Cunha

Caio reúne grupo 300 para planejar mandato

05 de Junho de 2017 | 129 visualizações | Por: Caio Cunha | Atualizado em: 23 de Junho de 2017
Tempo estimado de leitura: 3 minutos.

Parlamentar também definiu as atividades que serão promovidas nos próximos meses.


O vereador mais votado de Mogi das Cruzes, Caio Cunha (PV), apresentou um balanço das ações realizadas no primeiro semestre de 2017 ao “Grupo 300” - cidadãos que participam de forma colaborativa no mandato do parlamentar. O encontro, que também serviu para definir as atividades que serão promovidas nos próximos meses, ocorreu na noite desta quinta-feira (1° de junho), no auditório principal da Câmara Municipal (avenida Vereador Narciso Yague Guimarães, 381 - Centro Cívico).

Iniciada às 19h30, a apresentação colaborativa foi considerada pelo vereador como um start para as ações que serão realizadas pelo seu mandato em Mogi das Cruzes. Na oportunidade, Caio Cunha adiantou que, neste próximo semestre, o grupo será encorpado com mais membros, além da oferta de oficinas de cocriação e cursos, que deverão contemplar todas as áreas de interesse público.

Para o parlamentar, um mandato colaborativo promove uma transformação social, além de ofertar melhorias à cidade em diversos setores. O empreendedor defende, também, que os “300” possibilitam a promoção de uma política nova:

“Nosso grupo ganhou forte adesão e, graças a Deus, conseguimos criar um laço de amizade e de intercâmbio de experiência. Com o trabalho sério, promovemos atividades sociais e nos engajamos em setores públicos para transformação. Digo que além de sermos diferentes, temos que mostrar que somos uma ameaça aos ambientes de corrupção”, explicou Caio Cunha.

Além dos integrantes dos “300”, as tratativas contaram com presença dos vereadores Amaury Dias, de Ribeirão Pires-SP; Marco Santo Antônio, de Angra dos Reis-RJ; e Renato Ramos de Souza, o Renatinho Se Ligue, de Ferraz de Vasconcelos-SP.

“Grupo 300”


O Grupo, criado por Caio Cunha durante seu primeiro mandato (de 2013 a 2016) como vereador, conta com a participação de pessoas comprometidas com um jeito diferente de fazer política. Os chamados “guerreiros” - em alusão ao exército espartano - têm a premissa de promover e estimular o engajamento e participação dos mogianos na construção de uma sociedade mais justa e sustentável:

“Queremos ser uma referência de gestão participativa replicável e que contribua com a transformação política e social do Brasil. Nos últimos nove meses, cerca de 20 vereadores de outras cidades e Estados vieram ao gabinete conhecer o mandato colaborativo e o ‘Grupo dos 300’. Estamos replicando a transformação na política do Brasil a partir de Mogi das Cruzes”, concluiu o vereador.