Caio participa de formação na Universidade de Zurique, na Suíça

Vereador mogiano foi selecionado para bolsa por meio de processo seletivo da Fundação Lemann. Com todas as despesas custeadas pela organização, curso acontecerá entre os dias 5 e 7 de junho na maior universidade suíça.

O vereador mogiano Caio Cunha (PV) participa durante esta semana do curso “Construindo uma agenda pela Educação e Segurança Pública”, na Universidade de Zurique, na Suíça. O parlamentar foi selecionado para receber uma bolsa de estudos para o programa, que será realizado durante os dias 5 a 7 de junho no país europeu. Todas as despesas serão custeadas pela parceria entre a Universidade de Zurique e a Fundação Lemann, da qual Caio foi escolhido como Líder Público.

A seleção para a bolsa no programa na Universidade de Zurique, que é a maior instituição de ensino superior da Suíça, contemplou apenas 20 líderes das redes da Fundação Lemann. Será uma intensa jornada de 4 dias de palestras, reuniões e aprendizado e, para o parlamentar mogiano, a formação se consolida como uma oportunidade para aprimorar seu trabalho por Mogi das Cruzes e região. “Poderei trazer essa experiência para idealizar e implementar políticas públicas sobre educação, desenvolvimento da primeira infância e segurança em nossa região. Estou muito feliz com essa oportunidade proporcionada pela Fundação Lemann, que me contemplou com a bolsa de estudos e está custeando todas as despesas em parceria com a Universidade de Zurique”, agradece Caio.  

Durante a formação, serão abordados temas como as melhores práticas de tecnologias educacionais internacionais e de desenvolvimento cognitivo e socioemocional na primeira infância. Também será tratado o tema das drogas com um viés para a saúde e segurança públicas. Os participantes ainda estudarão a experiência de Zurique com o combate à violência e a política de drogas.

No processo seletivo, foram avaliados a pertinência da pauta para aqueles que buscam se desenvolver nas áreas que serão tratadas, programas de educação infantil e políticas de redução do uso de drogas no combate a violência, e sobretudo a necessidade de entendimento maior dessas pautas dentro da esfera legislativa.

Fundação Lemann

A Fundação Lemann é uma organização sem fins lucrativos, que atua em parceria com Governos e outras entidades da sociedade civil, de maneira plural, inclusiva e buscando caminhos que funcionam na escala dos desafios do Brasil. Fundada pelo empresário Jorge Paulo Lemann, a Fundação apoia líderes focados no desenvolvimento social do Brasil.

  

 

Caio é escolhido para bolsa de formação em Zurique

Processo seletivo foi realizado entre os Líderes Públicos da Fundação Lemann. Com todas as despesas custeadas pela organização, vereador participará do curso entre os dias 5 e 7 de junho na maior universidade suíça.

O vereador mogiano Caio Cunha (PV) foi contemplado com uma bolsa de formação na Universidade de Zurique, na Suíça. O programa, que tratará sobre “Construindo uma agenda pela Educação e Segurança Pública”, será realizado durante os dias 5 a 7 de junho deste ano no país europeu. Todas as despesas serão custeadas pela parceria entre a Universidade de Zurique e a Fundação Lemann, da qual Caio foi escolhido recentemente como membro de um processo de capacitação como liderança pública da organização.

A seleção para a bolsa no programa de formação na Universidade de Zurique, que é a maior instituição de ensino superior da Suíça, foi realizada entre os Líderes Públicos da Fundação Lemann. Para o parlamentar mogiano, a formação se consolida como uma oportunidade para aprimorar seu trabalho por Mogi das Cruzes e região. “Tenho certeza de que o conhecimento sobre educação e segurança pública com o qual teremos contato na formação em Zurique será de alto nível. Poderei trazer essa experiência para idealizar e desenvolver políticas públicas sobre esses temas em nossa região. Estou muito feliz com essa oportunidade proporcionada pela Fundação Lemann”, agradece Caio.  

No processo seletivo, foram avaliados a pertinência da pauta para aqueles que buscam se desenvolver nas áreas que serão tratadas, programas de educação infantil e políticas de redução do uso de drogas no combate a violência, e sobretudo necessidade de entendimento maior destas pautas dentro da esfera legislativa.

Fundação Lemann

A Fundação Lemann é uma organização sem fins lucrativos, que atua em parceria com Governos e outras entidades da sociedade civil, de maneira plural, inclusiva e buscando caminhos que funcionam na escala dos desafios do Brasil. Fundada pelo empresário Jorge Paulo Lemann, a Fundação apoia líderes focados no desenvolvimento social do Brasil.

 
 
 

 

Formação do Caio com consultor de Barack Obama e Hillary Clinton

 

Curso foi proporcionado por parceria entre a Fundação Lemann e a Rede de Ação Política pela Sustentabilidade (RAPS). Vereador mogiano participou, também, de seminário sobre mudanças climáticas.


O vereador mogiano Caio Cunha (PV) foi selecionado para participar de um curso com Steve Jarding, professor americano da Escola de Governo da Universidade de Harvard e consultor político do ex-presidente estadunidense Barack Obama e da candidata democrata à Presidência Hillary Clinton. O treinamento aconteceu no último final de semana, em São Paulo, e fez parte do Programa de Apoio ao Desenvolvimento de Lideranças Públicas da Fundação Lemann e da Rede de Ação Política pela Sustentabilidade (RAPS).


Também como parte do Programa da Fundação Lemann e da RAPS, o parlamentar mogiano esteve em um seminário de imersão que discutiu a problemática das mudanças climáticas, realizado em parceria com o Instituto Arapyaú e Instituto Humanize. “É muito recompensador participar dos cursos de formação que a Lemann em parceria com a RAPS têm nos proporcionado. Tenho desenvolvido ainda mais minha visão sobre sustentabilidade e ética na política, levantando insumos para trazer soluções para os desafios de Mogi das Cruzes e do Alto Tietê. Sou muito grato por ter essa oportunidade”, comemora Caio.


Em março deste ano, o vereador Caio Cunha (PV) foi um dos vinte selecionados no processo que escolheu Líderes Públicos que deverão participar de cursos oferecidos pela parceria entre a Fundação Lemann e a Rede de Ação Política pela Sustentabilidade (RAPS).  

 

Recesso pedagógico aos funcionários do setor administrativo

Indicação do vereador Caio Cunha tem o objetivo de gerar economia à Secretaria Municipal de Educação

Visando gerar maior economia e melhor aproveitamento dos recursos públicos, o vereador Caio Cunha (PV) pediu, por meio de Indicação à Prefeitura de Mogi das Cruzes, a implementação de período de recesso administrativo durante as férias escolares nas instituições de ensino do município. A proposta foi apresentada na tarde desta quarta-feira (22 de novembro) durante sessão ordinária, realizada na Câmara Municipal de Vereadores.  

Segundo o parlamentar, nos períodos de férias escolares (no meio e no final do ano), as escolas do município têm um período de recesso pedagógico, onde as aulas são suspensas entre cinco e dez dias.

Neste período, os funcionários que se encontram no quadro do magistério – professores, diretores e coordenadores pedagógicos – gozam de um tempo de descanso, já que a principal função, que é o de atendimento ao aluno, não ocorre nesses dias.

Porém, os funcionários administrativos ou que estão fora do quadro do magistério, como as merendeiras, cuidadores, orientadores, auxiliares de serviços gerais e de apoio pedagógico, permanecem nas escolas, ou seja, continuam gerando custos adicionais ao município, que vão desde a utilização de água, luz e telefone, até os recursos considerados de baixo orçamento, como, por exemplo, folha de sulfite, caneta e lápis.

“Acredito que se não há muita demanda em período de férias, não existe motivo para manter os funcionários indo ao prédio público. Concedendo recesso ao setor administrativo, a Secretaria Municipal de Educação conseguirá gerar maior economia e melhor aproveitamento dos recursos públicos. Vale destacar que, no caso das secretarias, onde há procura de pais e alunos, é válido que o recesso seja aplicado com escala de revezamento para que não ocorra nenhum tipo de prejuízo ao munícipe”, explicou.

Lançamento de curso online sobre o sistema político brasileiro

 Produzida pelo Movimento Seja, série de 4 episódios explica, de forma descontraída, sobre os três poderes da república brasileira.

O vereador mogiano Caio Cunha (PV) lançou na noite desta quarta-feira, 02 de maio, o primeiro episódio de um curso online sobre o sistema político brasileiro. A “Trilha Política Básica”, como é chamada a série de quatro episódios, foi produzida pelo Movimento Seja e busca apresentar, de forma objetiva, lúdica e descontraída, as atribuições dos três poderes da república brasileira. O primeiro episódio, que explica sobre as esferas de poder do país e sobre a divisão entre Legislativo, Executivo e Judiciário, pode ser conferido na página do Facebook do parlamentar (facebook.com/CaioCunhaOficial) ou no canal do YouTube Movimento Seja (bit.ly/trilhapoliticabasica).

De acordo com Caio, será publicado um vídeo da série a cada mês, até que os quatro episódios estejam online. Para o vereador, é importante proporcionar conteúdos formativos para os cidadãos, a fim de que possam participar mais assiduamente da vida política da cidade. “Um dos pilares do nosso mandato é o de formação. Buscamos sempre disponibilizar conteúdos que levem conhecimento sobre política e cidadania. A lógica é simples: as pessoas não participam de algo que elas não entendem. Então, se quisermos que elas se engajem na política, precisamos fazê-las compreender como nosso sistema político funciona”, explica o parlamentar, que também possui uma outra série de vídeos chamada “Política Simples”, na qual esclarece assuntos políticos que geram dúvidas nas pessoas.

O segundo episódio da Trilha Política Básica apresentará, de forma detalhada, como funciona o Judiciário brasileiro. Enquanto isso, o terceiro vídeo da série falará sobre o poder Executivo. O episódio final explicará sobre o Legislativo.

Movimento Seja

O Movimento Seja é uma iniciativa que busca despertar a consciência cidadã das pessoas por meio da produção de conteúdos para internet e palestras em escolas, universidades, movimentos de juventude e organizações.

 
 

 

Indicação para implementar cursinho pré-vestibular gratuito em Mogi

O vereador Caio Cunha (PV) indicou nesta quarta-feira (1° de novembro) à Prefeitura de Mogi das Cruzes a implementação de um curso preparatório para vestibular no Centro Municipal de Apoio à Educação de Jovens e Adultos (Crescer). A ideia é promover a inclusão social e mais oportunidade de ensino aos mogianos que desejam cursar o ensino superior, porém, não têm condições de custear curso de Pré-Vestibular.

Segundo Caio, a indicação foi feita com base nas atuais modificações no ingresso de alunos da rede pública nas principais instituições de ensino superior, como a Universidade Estadual Paulista (Unesp), que já possui reserva para 50% de alunos do ensino público; e a Universidade São Paulo (USP), que também vai oferecer metade de suas vagas aos estudantes de escola pública até 2021.

“Devemos considerar como responsabilidade compartilhada a formação desses alunos de Mogi das Cruzes, até mesmo como investimento no desenvolvimento do município, que, potencialmente, ocupará essas vagas. Acredito que o ingresso a uma universidade conceituada está diretamente ligado à preparação do aluno”, afirma.

O vereador lembra, ainda, que o município possui, em seu quadro de professores, especialistas nas áreas relacionadas às disciplinas avaliadas pelas provas. Inclusive, estes profissionais poderiam, por meio de incentivos como plano de carreira ou complementação de carga, compor o quadro de mestres para lecionar no curso preparatório, sem maiores ônus, como contratações para a cidade.

“O Pré-Vestibular é um instrumento de suma importância, uma vez que oferece melhor formação para as provas de ensino superior, técnico ou, até mesmo, de concursos públicos. Ou seja, é um oportunidade para construir um novo capítulo e ter uma vida melhor”, acredita.